Siga-nos por email

terça-feira, janeiro 31, 2012

SMART EBIKE


O Scooters Elétricas já deu a conhecer, num artigo anterior, a E-Scooter elétrica da Smart. Agora, chegou a vez da sua Ebike, uma bicicleta elétrica destinado a trajetos urbanos, com lançamento previsto na primavera de 2012, disponível, numa primeira fase, nos concessionários oficiais da Smart.

Por ser uma bicicleta elétrica dispensa carta de condução, seguro e pode ser conduzida por pessoas de qualquer idade.



PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Performance:

A Ebike da Smart vem equipada com um motor de 250W, integrado na roda traseira, que dá apoio ao condutor até uma velocidade máxima de 25km/h. Para velocidades superiores, o condutor apenas poderá contar com a sua força muscular. Também existe a possibilidade de desativar o funcionamento do motor, funcionado, neste caso, como uma bicicleta “normal”.

A Smart refere que é possível acelerar sem qualquer esforço a partir dos 0km/h. Assim, se tiver um andamento entre os 0 e os 25km/h, poderá andar nesta bicicleta com um esforço muscular residual, utilizando a energia do motor elétrico, o que lhe permite, por exemplo, chegar ao trabalho com “zero” por cento de transpiração. 

Autonomia:

A Ebike vem equipada com uma bateria de lítio, amovível, que pode atingir os 600 ciclos de descarga, com um tempo de recarga total entre 4 a 5 horas. A Smart anuncia uma autonomia superior a 100km, que depende, como é normal, da potência selecionada (através de botão para o efeito, com quatro níveis de impulso), do pedalar do ciclista e do relevo do terreno.
A este respeito importa salientar o efeito da travagem, que permite acumular energia na bateria (para mais informações sobre este assunto, leia o artigo sistema de travagem regenerativa).

Componentes:

A EBike vem equipada com uma correia de carbono, que apresenta vantagens ao nível da sua durabilidade e manutenção. Mais, deixamos de ter o problema de sujar as calças com o óleo da corrente tradicional.

Ao nível da segurança, destacamos os travões hidráulicos, que permitem imobilizar ou abrandar a bicicleta de forma mais eficiente.

Para quem considera a tecnologia de comunicação fundamental, a Ebike dá a possibilidade de integrar um smartphone na zona do guiador, que poderá ainda ser carregado durante a viagem através de uma porta USB.


Preço: 3.000 euros (previsão)


AVALIAÇÃO

Estamos perante uma bicicleta elétrica que introduz alguns componentes inovadores, no entanto, o seu preço elevado faz-nos pensar se valerão mesmo a pena. Isto, porque existem algumas scooters elétricas no mercado que poderão cumprir com os mesmos objetivos, a um preço relativamente semelhante, oferecendo maior conforto, apesar de obrigarem o condutor a ter carta/licença de condução e seguro. 

PONTOS FORTES
PONTOS FRACOS
·   Autonomia
·   Correia em carbono
·   Integração do smartphone, com possibilidade navegação por GPS

·   Preço
·   Conforto



0 comentários: